Blog
Leia diversos conteúdos de apoio da Conta-Mais

Impostos no começo do ano, vale a pena pagar à vista?

No nosso último post falamos sobre a famosa taxa de juros SELIC, que deve ser entendida como o “preço do dinheiro”. Comparamos os rendimentos de diversos tipos de investimentos e chegamos à conclusão de que os investimentos de renda variável, nesse cenário de taxa de juros historicamente baixas, são os mais interessantes.

Agora, no início do ano, chega a hora de realizar diversos pagamentos: IPVA, IPTU, Licenciamento, DPVAT, materiais escolares… são tantos gastos que, sem um mínimo de planejamento, podemos perder dinheiro.

“Mas professor, o que isso tem a ver com os rendimentos dos meus investimentos?”

A questão é que os descontos oferecidos para pagamento à vista podem ser vistos também como um investimento financeiro. Como? Eu explico:

Imagine que você possui R$1000 reais para pagar impostos ou investir. Considere que o pagamento do IPVA esteja oferecendo um desconto de 3% ou pagamento parcelado em 3 vezes. Isso significa que para valer a pena parcelar você precisaria ter um investimento que lhe retornasse pelo menos 1% ao mês, o que é um retorno considerável. Isso é o que nós economistas chamamos de custo de oportunidade. Lembrando que esse é um exemplo bastante simplificado, na prática tem-se ainda descontos de imposto de renda e a redução no rendimento de sacar, uma vez ao mês, o dinheiro da parcela.

O custo de oportunidade é aquilo que você deixa de ganhar caso faça uma determinada escolha. Em economia, praticamente todas as análises levam em conta o custo de oportunidade, que vai muito além do dinheiro. Por exemplo, se você escolher estudar à noite em 2020, estará automaticamente abrindo mão de fazer qualquer outra coisa nesse determinado horário, já que o seu tempo é escasso. Então esse é também um custo (pessoal) se decidir estudar à noite. Esse é um princípio abstrato, mas muito importante para entender economia. Você também pode aprender mais sobre custo de oportunidade nas aulas de economia da plataforma Conta-Mais neste link.

Assim, é preciso sempre considerar o seu custo de oportunidade na hora de fazer os pagamentos de impostos no início do ano. Considerando, claro, que você se planejou e poupou durante o ano de 2019. Desse modo, se você não tem um investimento que paga mais de 1% ao mês, por exemplo, vale à pena pagar, naquele exemplo citado, o IPVA à vista, com 3% de desconto. Outra alternativa também é pagar parcelado e utilizar esses recursos para obter descontos maiores nas compras de material escolar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Conta-Mais foi criada para encurtar o seu caminho no mercado financeiro. Aprenda diversos temas de forma objetiva com profissionais experientes, tudo isso com a facilidade de um ambiente digital que pode ser acessado a qualquer hora e em qualquer lugar!

CNPJ: 33.372.732/0001-61 – CONTA-MAIS